Tags

, , ,


Jorge Jesus (foto ASF)

Por Redação

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, deverá ser interrogado na segunda-feira pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, como arguido no inquérito aos incidentes no final da partida com o Vitória de Guimarães.

Pela sua conduta no final do jogo, Jorge Jesus pode responder pelos eventuais crimes de resistência e desobediência à autoridade pública (punido com pena de prisão até cinco anos) e ofensa à integridade física dos agentes policiais.

O incidente em questão aconteceu no final do desafio com o Vitória de Guimarães, da 5.ª jornada da Liga, onde Jorge Jesus intrometeu-se numa ação da polícia que tentava travar adeptos benfiquistas que invadiram o relvado para celebrar a vitória do Benfica, por 1-0.

A Bola

Últimas Notícias

Ronaldo recusou telefonema de Blatter
Chinesa é presa ao ser flagrada totalmente nua pilotando scooter
URGENTE!. PROCURA-SE. TAIRES CASTANHEIRA
 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates