Tags

, , , , , ,


Futuro de Joel Santana poderá passar por Angola  (foto AP)

Por Mário Nóbrega

Consumada a saída de José Dinis, depois de uma reunião realizada na última sexta-feira com a Direcção do clube, o elenco liderado por Mateus de Brito ficou com margem de manobra alargada para tratar, sem correr o risco de ferir susceptibilidades, especialmente em relação ao treinador português, da contratação do técnico para dirigir o futebol profissional nas duas próximas temporadas. E o nome de Joel Santana volta a ser falado…

Joel Santana esteve recentemente em Luanda. Afirmou ao nosso jornal, antes de viajar para a capital, que o fazia com o objectivo de se inteirar, presencialmente, das realidades do futebol nacional, porque, sublinhou, tinha sido contactado pela FAF, dado haver um possível interesse desta em contratá-lo para assumir o comando técnico dos Palancas Negras, substituindo Gustavo Ferrín. Mas, afinal, a presença dele em Luanda poderia ter outros contornos. E o Petro estaria, de alguma maneira, a eles associado.

Apesar de só na última sexta-feira ter ficado oficializada a saída de José Dinis, a verdade é que há semanas, pelo menos, que a Direcção do Petro assumira que o treinador português não continuava à frente do futebol profissional do clube, mesmo se, conforme veio a acontecer, os petrolíferos conquistassem a Taça de Angola.

Esta opção do elenco liderado por Mateus de Brito alicerçava-se na convicção de que se tornava imprescindível uma mudança radical neste sector para que o Petro esteja psicologicamente mais forte para chegar ao título, êxito que lhe foge há quatro temporadas.

Tratou-se, por conseguinte, de uma conversa mais ou menos circunstancial, a que José Dinis e a Direcção do Petro tiveram na sexta-feira da semana passada. E é por esse facto que há já vários nomes ventilados como possíveis para render o treinador do português que esteve durante seis meses à frente do futebol profissional do clube. Entre estes, fala-se que o de Joel Santana está em posição privilegiada para ser o eleito. Mais, que a sua apresentação estará para breve…

Joel Santana é brasileiro e tem a favor dele, por exemplo, falar português. O que, apurou o nosso jornal, se apresentou sempre como uma vertente indispensável no treinador a ser contratado. Depois, será curial não esquecê-lo, trata-se de um treinador com grande experiência e poder de comunicação com os jogadores com quem trabalha.

E, já agora, pode também dizer-se, olhando-se para o seu currículo, que estamos em presença de um homem que trata o êxito por tu. Foi várias vezes campeão estadual no Rio de Janeiro, curiosamente à frente dos seus quatro mais importantes emblemas: Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco da Gama.

A Bola

Últimas Notícias

«Ronaldo é o melhor», diz primeiro-ministro espanhol
Comparativo: Galaxy S4 vs iPhone 5s
Sporting-FC Porto na fase de grupos
Pepsi retrata-se por vudu a Ronaldo
URGENTE!. PROCURA-SE. TAIRES CASTANHEIRA
 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates