Tags

, , ,


O objetivo da campanha “Mulheres Normais” é discutir o padrão das modelos plus size e enfatizar a beleza sem Photoshop

O mundo da moda plus size tem crescido consideravelmente nos últimos anos e alçado à fama várias modelos do segmento. No entanto, mesmo as tops plus size mantêm o velho estigma das passarelas, donas de corpos muito distantes da realidade.

Por isso, segundo o site The Huffington Post, a empresária Chrystal Bougon, dona da loja de lingerie plus size Curvy Girl, dos Estados Unidos, lançou uma campanha na internet chamada Regular Women (Mulheres Normais, em português). Ela pede que as clientes postem no Facebook da loja fotos delas usando as lingeries compradas.

“Inspirada pelas consumidoras, quero mostrar que mulheres com gordurinhas, inchaços, cicatrizes, estrias, celulites e seios naturais que amamentaram bebês podem ser deslumbrantes”, disse Bougon.

Mesmo com a exposição na rede social, a iniciativa foi muito bem recebida e, em três dias, a página oficial da loja recebeu mais de 3.500 novos fãs: “isto é muito emocionante e poderoso”, comentou a empresária.

Consciente de que as fotos podem gerar elogios e críticas, Bougon explica para as clientes que elas estão mais vulnerávies fazendo isso, mas que é uma maneira de mostrarem os corpos como eles realmente são. “Sabemos que algumas pessoas odeiam as mulheres curvilíneas e dizem coisas horríveis sobre isso, mas nunca sabemos quem vamos ajudar quando alguém que precise enxergar as fotos destas mulheres corajosas com celulites e estrias. E, afinal de contas, a vida não pode passar pelo Photoshop”, afirmou.

Terra

Saiba tudo sobre ANGOLA

Últimas Notícias

Isabel dos Santos em sétimo na lista dos mais ricos de África
País aumenta produção de petróleo
Mário Soares transita para 2014
Futuro de Carlos Morais prestes a ser desvendado
URGENTE!. PROCURA-SE. TAIRES CASTANHEIRA
 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates