Tags

, , , , ,


Kolo Touré (foto AP)

Por Redação

O defesa Kolo Touré não vê a hora de defrontar o Manchester City, clube que representou nas últimas quatro temporadas e do qual foi dispensado. Regressa ao Etihad Stadium no Boxing Day como jogador do Liverpool.

«Eu era melhor que certos jogadores mas ficava no banco. Antes de deixar o clube disse aos responsáveis que iam arrepender-se por me deixar sair. Diziam que estava acabado e que não voltaria a apresentar a mesma forma. Mas agora estou no Liverpool e devem estar a dar cabeçadas na parede por verem como estou a jogar», disse o costa-marfinense em entrevista ao The Sun.

O jogador de 32 anos dá ainda o exemplo do irmão Yaya Touré, contratado pelo City ao Barcelona, em 2010, para denunciar como a entrada de treinadores pode sentenciar um jogador:

«A minha experiência foi igual à do meu irmão. Os treinadores chegam aos clubes e trazem novos jogadores e querem lançá-los a todo o custo, quer sejam bons ou não. Yaya era muito melhor que Sergio Busquets no Barcelona mas estava n a sombra dele e custava-lhe a aceitar isso. Aconselhei-o a ir para o City e agora é um patrão em campo.»

A Bola

Últimas Notícias

«Foi horrível, não podemos dar esta imagem» – Piqué
Roubou iPhone e enviou ao dono contactos escritos à mão
«Não podemos fechar as portas à diplomacia», diz Obama
URGENTE!. PROCURA-SE. TAIRES CASTANHEIRA
 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates