Tags

, ,


O estilista ensina a compor looks para o Ano-Novo

  • Rosângela Espinossi

O estilista Reinaldo Lourenço, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, prepara-se para abrir nesta sexta-feira (6) seu tradicional Bazar de Natal, que prossegue até o dia 22. No espaço onde será realizado o evento, o estilista recebeu oTerra para dar dicas para criar looks para festas. Ele também falou sobre a importância da realização de bazares como esse, concorrência com lojas de departamentos, como a moda hoje é democrática e a Lei Rouanet, para a qual pretende pedir incentivos daqui a algum tempo. Confira abaixo:

Branco tédio
“O branco no Réveillon é um tédio”, disse com seu jeito natural de expressar as opiniões. “Isso é só no Brasil que acontece”, continuou, ao lembrar, porém, que não é contra a cor, mas que acredita que tonalidades fortes ou metalizadas podem e devem entrar no look de fim de ano.

Entre as cores preferidas de Reinaldo para o Ano-Novo, estão rosa, azul e amarelo, além do prata e do dourado.  Uma das opções de roupa prata do bazar é um vestido longo tomara que caia de jacquard que baixou de R$ 1483 por R$ 280. Mas Reinaldo não fecha questão sobre o branco e até mostra um conjunto de regata de seda pura de R$ 700 por R$ 210 e uma saia evasê de R$ 1,3 mil por R$ 390. “Pode ser para o Réveillon, para a balada, para um almoço”,  diz o estilista.

Peça básica
Para ele, as camisetas de seda ou de outros materiais, como os de paetê de couro vegetal e barra de couro natural (de R$ 1178 por R$ 353) são itens fundamentais no guarda-roupa feminino. “Ficam ótimas com saia ou com jeans e, se quiser sair à noite, é só colocar um blazer.” O preto é opção também para a “Noite Feliz”, assim como  estampados,  xadrezes e as cores da data: vermelho e verde.

Moda democrática
Reinaldo Lourenço diz-se democrático no quesito moda e afirma que quando lê as colunas de certo e errado, sempre gosta das opções que estão “erradas”, mas dá algumas dicas que ele considera essencial na hora de montar um look.

Bom senso
O estilista aponta o bom senso como quesito fundamental e também a importância de conhecer seu corpo. “Existem mulheres que têm domínio de seu corpo e podem usar qualquer coisa, mas para as que não têm isso, o melhor é apostar no básico.”

Gordinhas
Reinaldo lembra que, entre os principais erros das mulheres mais cheinhas, está a tendência de se usar roupas largas. “Isso só ajuda a engordar mais”, afirma.

Minissaias
Para ele, minissaias só podem ser usadas por quem tem pernas em forma, independentemente da idade.

Seios
Quanto aos seios grandes, ele afirma que precisam ser valorizados. “Se achar que isso é um ponto negativo, tem de dar a volta e fazer com que se torne positivo. Para isso, nada como um bom decote e uma roupa justa que marque a cintura”, afirma.

Bumbum
Já para quem tem bumbum grande , ele aconselha a usar um modelo evasê e evitar as saias-lápis.

Baixinhas
Para as baixinhas, aconselha um vestido tipo coluna, reto, que ajuda a alongar o visual.

Silhueta do momento
“Estou adorando as saias justas usadas com camisetas largas. Para mim, é a silhueta do momento.”

Concorrência
O estilista foi um dos primeiros que assinou coleções cápsulas para loja de departamento, em 2009, para a C&A. Ele não vê concorrência dessas redes com marcas como a sua. “Tem espaço para tudo. Uma roupa de loja de departamentos é mais barata, mas não dura tanto quanto uma feita com materiais mais nobres. É bom para a consumidora ter essas opções, até para poder misturar peças mais caras e mais baratas num só look. Marcas como a minha têm DNA próprio e eu possuo  clientes muito fiéis.”

 

Para ocasiões mais formais, Reinaldo Lourenço sugere o rosa com aplicações de cristais, que custava R$ 6975 e agora está por R$ 1498 Foto: Marcelo Pereira / Terra
Para ocasiões mais formais, Reinaldo Lourenço sugere o rosa com aplicações de cristais, que custava R$ 6975 e agora está por R$ 1498

Foto: Marcelo Pereira / Terra

 

Bazar
“A realização de um bazar é importante para vender estoques antigos e também para aproveitar tecidos que sobraram. Por exemplo, com retalhos com 20 m ou 30 m, criamos peças exclusivas para o bazar, com modelagem até 46 a preços acessíveis”, afirmou. Entre as peças, estão xadrezes, tanto saias quanto vestidos em preto e rosa e azul e preto, como a saia que na loja sairia por R$ 400, mas no bazar custa R$ 144, que ele combina com o top de paetê de couro preto e um blazer  azul de R$ 1,5 mil por R$ 450.

 

Lei Rouanet
O filho de Reinaldo e Gloria Coelho, Pedro Lourenço, foi um dos contemplados para captar recursos no valor de R$ 2,8 milhões com a Lei Rouanet de incentivo à cultura, mas não conseguiu patrocinadores para realizar os desfiles em São Paulo e em Paris. O fato gerou polêmica. Reinaldo se diz super a favor da lei. “Moda é uma expressão de arte e um país que quer ser reconhecido lá fora tem de incentivar os talentos nacionais, seja na moda, na música, nas artes plásticas”, disse, ao revelar que a pretende entrar na concorrência daqui a algum tempo para fazer uma exposição e um livro sobre sua história. “Quem sabe também um desfile, ainda não pensei direito no assunto”, disse. Lembrando: o estilista começou a trabalhar na moda em 1984. Ano que vem, completa 30 anos de carreira.

 

Serviço:
Bazar de Natal de Reinaldo Lourenço
Data: de 6 a 22 de dezembro
Endereço: Rua Eugênio de Medeiros, 476, Pinheiros, São Paulo. Telefone: 2813-8805
Horário:  Segunda a sexta, das 10h às 20h. Sábados e domingos, das 10h às 18h

Saiba tudo sobre ANGOLA

Últimas Notícias

O primeiro lugar do ranking dos mais bem vestidos ficou com vestido Dior de Jennifer Lawrence
Bob Dylan é processado por suposto racismo contra croatas
Paula Fernandes é a nova agenciada da empresa de Ronaldo
Mãe de M. Jackson pede revisão de julgamento milionário contra produtora
Ex-guitarrista dos Rolling Stones acompanhará banda em turnê em 2014
Bieber estaria paranoico com possibilidade de fãs o perseguirem
Britney Spears pode se aposentar após shows em Las Vegas
MALEF DESISTE DA MÚSICA
ANSELMO RALPH EM LISBOA: “A DOR DO CUPIDO” CANTADA EM CORO POR MILHARES
DISCO DE ACTION NIGGA LANÇADO NO INÍCIO DE 2014
FIFA aprova pausas para hidratação durante os jogos
Morreu Nelson Mandela (1918-2013): a liberdade como obra
URGENTE!. PROCURA-SE. TAIRES CASTANHEIRA
 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates