Tags

, , , , , ,


Por Redação

O presidente do Barcelona, Sandro Rosell, foi denunciado por um dos líderes da oposição, Jordi Cases, por alegada «apropriação indevida de verbas» na transferência de Neymar do Santos para os catalães. Segundo o jornal El Mundo, Rosell terá desviado 40 milhões de euros no negócio.

A transferência de Neymar, este verão, esteve sempre rodeada de algum segredo, com o Barcelona a recusar-se a revelar os trâmites do negócio. Rosell e o vice-presidente Josep Maria Bartomeu defenderam-se sempre com uma suposta cláusula de confidencialidade de cada vez que foram pedidas explicações sobre a transferência do brasileiro, escreve o jornal Marca.

Os dados oficiais indicam que a comissão de 40 milhões foi para o pai de Neymar. Daí que a transferência do jogador possa ter custado mais do que 100 milhões de euros, o que bate certo com as palavras do presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, que disse que não tinha avançado para a contratação de Neymar porque esta custaria 150 milhões de euros.

A Bola

Últimas Notícias

Federação convida Mourinho a visitar o país
Ronaldo regressa aos convocados
Bola de Ouro: Estudo dá vitória a Ronaldo
«Quisemos contratar Cristiano Ronaldo mas ele não quis vir» – Leonardo
Dois cafés à mesa do líder
«Não vejo quem tenha feito mais do que nós para estar na frente» – Leonardo Jardim
Homem faz ‘roleta-russa’ com PS4 de amigo e quebra o próprio notebook
Motorista é multado em R$ 1 milhão após ponte desabar na China
Restaurante defende uso de câmera em banheiros e causa polêmica
URGENTE!. PROCURA-SE. TAIRES CASTANHEIRA
 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates