Tags

, , , ,


O vocalista Ian Watkis durante show da banda Lostprophets no ano retrasado, em Londres  Foto: Getty ImagesO vocalista Ian Watkis durante show da banda Lostprophets no ano retrasado, em Londres

Foto: Getty Images

O cantor britânico Ian Watkins, líder do grupo Lostphopets, foi condenado, nesta quarta-feira (18), a 35 anos de prisão por ter tentado estuprar um bebê de um ano e por outros crimes sexuais contra menores.

O advogado de Watkins, que admitiu 13 acusações em um tribunal no País de Gales, disse que o cantor havia “explorado as profundezas da depravação”. O músico, cuja banda vendeu milhares de cópias de seus cinco discos em todo o mundo, se declarou culpado por ter encorajado que mães abusassem de seus filhos durante um vídeochat.

O vocalista de 36 anos também falou de seu desejo de intoxicar uma de suas vítimas lançando fumaça de metanfetamina no rosto da criança.

“Ian Watkins era o cabeça desta horrível conspiração e é justo que sua sentença reflita isso”, disse o serviço de acusação em um comunicado após a sentença.

“É um indivíduo extremamente perigoso e manipulador, que maltratou as suas vítimas de maneira calculada”, acrescentou, considerando “incompreensível que adultos cometam atos tão chocantes contra crianças e jovens”.

A polícia investiga agora se Watkins cometeu outros abusos nos EUA e na Alemanha.

AFPAFP – Todos os direitos reservados. Está proibido todo tipo de reprodução sem autorização. 

Saiba tudo sobre ANGOLA

Clica aqui Últimas Notícias

 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates