Tags

, , ,


Camila Rinaldi

Em 2013 tivemos a explosão do mercado mobile, o Android se tornou um sistema operacional mais fluído, mais desenvolvedores disponibilizaram aplicativos na Play Store, os smartphones ficaram ainda mais rápidos, as telas passaram a ter ainda mais resolução e qualidade. Mas o que esperar para 2014, você arriscaria algum palpite?

android ausblick
O que 2014 nos reserva em relação ao Android? / © gmark1/flickr.com, AndroidPIT
A CES 2014 será a vitrine para tudo aquilo que veremos ao longo deste ano. Por isso, vale muito a pena prestar atenção naquilo que será mostrado e especulado nesta que é a feira de tecnologia mais importante dos próximos meses. Mas enquanto a CES ainda não chega, me arrisco a dar alguns palpites daquilo que está por vir com base nas tendências de mercado.

Telas com resolução estratosférica

Em 2014 veremos telas com mais pixels. Além dos já estabelecidos televisores 4K, smartphones e tablets oferecerão ppi’s além do alcance. Se você acha que paramos nas mega-resoluções de 1920 x 1080 pixels, está errado. Já existem protótipos com 2560 x 1440 pixels, visto apenas em tablets até agora, porém, este ano veremos tais especificações entrando no universo dos smartphones high-end.

Smartphones como solução inteligente

Em 2013, presenciamos a corrida pelo melhor processador. No início do ano a Qualcomm apresentou o Snapdragon 600 e o Snapdragon 800, que ditaram a tendência até a chegada do chip A7 de 64 bits da Apple. Por mais que o investimento em velocidade de processamento de dados seja certo para 2014, a minha aposta serão os smartphones como soluções inteligentes e mais acessíveis. O Moto X e o Nexus 5 são exemplos de dispositivos que apostaram mais na experiência do usuário que no hardware em si, especialmente no primeiro caso. Assim, neste ano, existem grandes chances de vermos as fabricantes focando em recursos específicos com o objetivo de entregar soluções inovadoras.

Ultra Câmeras

As funções e modos de câmera representam significativo tempo nas apresentações de lançamento de novos smartphones, e isso vai do iPhone 5S ao Moto G. Os sensores foram otimizados e pixels aumentados para entregar imagens com mais qualidade em boas condições de luz. Porém, em ambientes com baixa luminosidade, os smartphones ainda possuem seus muitos limites.

O fato é que em 2014 a tendência é vermos câmeras melhores, especialmente porque este será um dos pontos que irá distinguir as fabricantes umas das outras. Além do investimento em hardware, teremos mais atenção dedicada ao software das mesmas. A função HDR deve vir nativa na maioria dos aparelhos, bem como o recurso de estabilizadores de imagem devem ser incorporados ao sensor de movimento dos smartphones. Na seção de vídeos, a resolução 4K provavelmente irá prevalecer, pelo menos no setor de dispositivos high-end.

Dispositivos “wearable” vem com tudo

Em 2014, a Google prometeu colocar o Google Glass à disposição de um número maior de usuários. Samsung, Sony e empresas alternativas devem entregar a segunda geração dos seus smartwatchs e pulseira. Assim, os chamados “dispositivos wearable” tendem a ganhar ainda mais espaço. Se levarmos em consideração que a “corrida” pela tela flexível ou curva já gerou gadgets como o Galaxy Round e o LG G Flex, é possível que os próximos aparelhos “vestíveis” já venham com um design mais criativo e funcional.

Redes 4G e maior velocidade de conexão

A promessa de 2013 foi construir as bases para que a cobertura da rede móvel de 4ª geração pudesse chegar ao máximo de usuários em 2014. Pois bem, não precisa ser vidente para saber que a tecnologia LTE será o hit do ano. Cada vez mais celulares de classe média suportam o padrão móvel de alta velocidade, porém os planos ainda são muito caros para a grande maioria dos usuários. Vamos torcer para que em 2014 isso mude.

Aplicativos Android mais completos e caros

Ontem, no ano passado, os jogos freemium colocaram a receita do Android mais próxima a do iOS. Com o aumento do número de usuários de smartphones rodando com o OS da Google, a Play Store se tornará cada vez mais importante para desenvolvedores. Com isso, o aumento do número de apps bem feitos e funcionais tende a crescer ainda mais em 2014.

Com base na sua experiênica, o que 2014 nos reserva no que toca o mercado mobile?

androidpit

Clica aqui Últimas Notícias

 

Bruno Space Painel de Debates

Bruno Space Painel de Debates