Tags

, , , , , ,


Por Redação

Entregou em mãos a Bola de Ouro a Cristiano Ronaldo e logo se apressou a elogiar o avançado do Real Madrid, que se tornou no primeiro português a ser consagrado o melhor do Mundo (2008 e 2013) por duas vezes, superando Eusébio (1965) e Luís Figo (2000). Pelé sublinha, porém, que Ronaldo tem ainda de trabalhar muito para ser uma lenda e atribui a Zidane o título de último grande jogador.

«Tornou-se muito difícil para um jogador manter-se ao mais alto nível. Para mim, o último grande jogador foi Zidane porque conseguiu manter-se ao mesmo nível durante, pelo menos, dez anos. Hoje temos Messi e Cristiano Ronaldo, que estão um nível acima dos outros. Ronaldo faz-me lembrar Eusébio um pouco pelo seu estilo elegante – tem uma certa elegância e criatividade dos grandes jogadores», disse Pelé em declarações à France Football, recordando o Pantera Negra para estabelecer novo paralelo:

«No meu tempo, podíamos encontrar cinco ou seis grandes jogadores. Para além de mim, tínhamos Cruyff , Beckenbauer, Eusébio… Hoje, temos uma ou duas estrelas.»

Vencer o Campeonato do Mundo era requisito (quase) obrigatório para ganhar a Bola de Ouro mas… também isso mudou: «Talvez (o Mundial) seja menos importante do que era quando eu jogava. Não estou a dizer que não é essencial conquistar o Mundial mas, agora, a Liga dos Campeões tem o mesmo impacto.»

 

Clica aqui Últimas Notícias