Tags

, , , , , , , ,


Bruno Space Painel de Debates

Um jovem de 23 anos, foi morto ontem por volta das 19 horas no bairro da Mapunda, por dois sujeitos que dizem ser membros da defesa civil.

O jovem de 23 anos andava com mais dois amigos, saindo de um happy hour, em direcção a casa, quando ao atravessarem uma motorizada que se fazia transportar por dois adultos de 40 e tantos anos, que por algum motivo, se desconhece qual, houve troca de palavras entre as duas partes.

Os homens que se faziam transportar na motorizada, deram uma rajada para o ar, e os 3 jovens meteram-se em fuga. Os homens que se apresentaram como sendo da defesa civil, inverteram a marcha e foram atrás dos rapazes. O mais gordo deles, não teve tanta mobilidade para fugir e se enfiar nos becos, e foi correndo na estrada.

Os dois adultos, chegaram, interpelaram o jovem, e disferiram um disparo a queima roupa no abdómen do jovem, que caiu imóvel no chão.

Foi socorrido pelo primo, mais morreu no trajecto para o hospital.

Os dois adultos puseram-se em fuga, depois do sucedido, e entregaram-se à Polícia horas depois.

ESPERA-SE JUSTIÇA.

A chamada Defesa Civil não pode e não deve substituir a Polícia, nem tão pouco agir como tribunal por conta própria, julgando e condenando a morte sem hipóteses de defesa.

Ao se distribuir armas entre os populares, para essas pessoas da chamada defesa civil, houve algum treinamento físico e psicológico? De como se deve abordar alguém na via pública?

Fica a pergunta

Bruno Space Painel de Debates