Tags

, , , , ,


Pinto da Costa (foto ASF)

Por Redação

A direção do FC Porto emitiu, esta terça-feira, um comunicado onde revela que interpôs uma participação disciplinar junto da Liga contra o Sporting e o seu presidente (Bruno de Carvalho) pela alegada campanha de pressão contra a arbitragem.

No comunicado, os dragões referem-se ao artigo 66 do Regulamento Disciplinar da Liga, correspondendo a coação sobre equipas de arbitragem, que tem penas previstas de descida de divisão e pena de derrota.

Comunicado:

O Conselho de Administração da FC Porto – Futebol, SAD, reunido hoje, face aos acontecimentos que precederam e ocorreram durante o jogo Sporting-FC Porto, deliberou solicitar ao departamento jurídico efetuar uma participação disciplinar junto da Comissão de Instrução e Inquéritos da Liga Portuguesa de Futebol Profissional contra o Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD e o seu presidente.

A campanha de condicionamento da arbitragem, com o anúncio da interposição de acções judiciais aos árbitros desta época e da anterior, extensível aos membros dos órgãos jurisdicionais do Conselho de Disciplina e do Conselho de Justiça, a que se juntou a ameaça de acções com pedidos indemnizatórios contra os árbitros dos jogos futuros, como era o caso do Sporting-FC Porto, configuram uma intolerável violência moral com a intenção de constranger os agentes desportivos, resultado do presente no artigo 66 do Regulamento Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

Clica aqui Últimas Notícias