Tags

, , ,


Bruno Space Painel de Debates

Buenos Aires (Do enviado especial) – Peritos dos Ministérios das relações Exteriores de Angola e da Argentina discutiram, segunda-feira, a nível técnico, a preparação da próxima reunião bilateral, que vai fazer o balanço da cooperação dos dois países e estabelecer novas metas e oportunidades.

O  facto  foi  avançado  à  Angop e a Televisão Publica de Angola, pelo  director  do Ministério das  Relações  Exteriores para  América,  Francisco  Cruz,  no  final  do primeiro  simpósio económico -produtivo  Angola Argentina.

Neste  encontro,  que decorreu  no Ministério das Relações Exteriores da Argentina, discutiu-se a necessidade de  se trabalhar mais  para que a cooperação seja muito mais abrangente, dinâmica e mais consentânea  para  aquilo que é o desenvolvimento actual  de  ambos os países, de acordo com o diplomata que representou a sua  secretária  do Estado da Cooperação, Ângela Bragança.

“O  encontro  marca  a preparação da próxima  comissão  bilateral  dos dois países, cuja data ainda está  a ser revista”, disse Francisco da Cruz.

Acrescentou que  a realização  deste  encontro vai depender da preparação das condições e da disponibilidade da agenda dos   Ministro das Relações Exteriores de  ambos os países.

Quanto  as relações  actuais  entre  Angola e  Argentina,  Francisco  da Cruz  referiu que  desde  a visita  da  Presidente  Christina de Kirchner,  em Maio de  2012,  em  Angola, a convite  do seu homólogo, José Eduardo  dos Santos,  as relações  registaram avanços  assinaláveis, incluindo na abordagem de questões  e programas  de comum interesse.

“Vários  acordos  de cooperação  foram assinados,  enquanto outros estão a merecer  a apreciação  de ambas as partes para que  possam  ser aplicados  logo que  possível”, deu  a conhecer.

De  salientar  que, o  Simpósio  económico-produtivo  Angola/Argentina  contou com a  presença do embaixador angolano, Herminio  Escórcio, do director  da África subsaariana  do Ministério  das  Relações Exteriores e Culto da Argentina, Martin Rivolta,  representantes  do corpo  diplomático  acreditado  neste país  e membros do  próprio governo.

Fonte Angop

 

Bruno Space Painel de Debates