Tags

, , , ,


Bruno Space Painel de Debates

Menongue – O governador da província do Cuando Cubango, Higino Carneiro, defendeu hoje, segunda-feira, em Menongue, maior equilíbrio na balança comercial na orla fronteiriça com a república da Namíbia, para vantagens mútuas.

Higino Carneiro, que discursava na abertura do Fórum Empresarial do Cuando Cubango, denominado Angola/Namíbia, disse que para se alcançar este desiderato os dois países deverão promover iniciativas comerciais no interior da província.

FOTO: FRANCISCO MIUDO

Fez saber que o governo angolano tem elaborado um estudo preliminar para a implantação da ponte flutuante entre o  município de Calai (Angola) e o Rundo (Namíbia), bem como parte do conteúdo que deverá ter o memorando a ser assinado entre os dois países, para a instalação da ponte.

Na sua óptica, os efeitos da implantação da ponte sobre o rio Cubango, que vai permitir ligar por terra a província do Cuando Cubango (Angola) e a região do Rundo (Namíbia), poderão ser notórios, primeiramente no sector comercial,  e, consideravelmente,  na vida da população  que vivem na orla fronteiriça e para o desenvolvimento sustentável dos dois países.

Considerou que o sector económico poderá dar respostas mais rápidas para o desenvolvimento sustentável, com a criação de  mais postos de emprego e aumento do produto interno bruto, salientando que o governo angolano vai continuar a apoiar as iniciativas privadas.

Destacando as áreas de investimentos à delegação namibiana e aos empresários da Câmara de Comércio e Indústria do Cuando Cubango, o governador enfatizou que a província oferece condições magníficas para o desenvolvimento do turismo, da agricultura empresarial, pecuária e exploração florestal.

Lembrou ainda que a exploração de recursos minerais pode igualmente ser um bom caminho para o investimento, uma vez que a província possui vários recursos minerais, com destaque para o ferro, cobre, ouro, prata, diamante, quartzo, entre outros.

A província do Cuando Cubango tem uma extensão territorial de 223 quilómetros quadrados, nove municípios e 10 comunas. Possui cerca de 800 mil habitantes e divide 700 quilómetros de fronteira com a república da Namíbia.

O fórum económico entre Angola e Namíbia teve início neste domingo em Menongue, capital da província do Cuando Cubango. No primeiro dia de trabalhos, os empresários namibianos e angolanos, guiados pelo vice-governador para o sector económico, visitaram o Instituto Médio de Saúde, as obras de construção do pólo universitário e o  hospital do Menongue.

Fonte Angop

 

Bruno Space Painel de Debates