Tags

, , , ,


Por Redação

Há salários em atraso nas escuderias mais pequenas de Fórmula 1. O piloto alemão Nico Hulkenberg, que alinha pela Force India, garantiu esta quinta-feira que os pilotos do Mundial não têm em mente a realização de uma greve, porém, não esconde o cenário de incumprimento salarial na modalidade.

Segundo a revista germânica Sport Bild, a associação de pilotos de Fórmula 1 assinou um documento que prevê avançar para uma greve caso a situação não fique rapidamente regularizada.

Em Xangai, Hulkenberg considerou que «a situação não é positiva para a modalidade». Questionado sobre uma eventual greve já no domingo, a propósito do Grande Prémio da China, o alemão disse que não ser verdade.

«Nunca discutimos uma greve, mas queremos que o problema seja resolvido de vez», concluiu

Clica aqui Últimas Notícias