Tags

, , , , , ,


Bruno Space Painel de Debates

brunomamaro@hotmail.com ou brunomsamaro@gmail.com

Ler em baixo

Autora : Letícia carvalho

Bom dia meninos e meninas, de volta com mais uma loucura que fiz ontem no dia de natal, antes feliz natal e muita foda para todos.

Bem como todos já me conhecem eu sou Letícia carvalho 32 aninhos de muita putaria

Eu e meu marido resolvemos fazer uma loucura diferente de todas que já fizemos juntos, dessa vez eu iria muito mais fundo.

Almoçamos num restaurante aqui da minha cidade muito conhecido, kkk…quando fomos dançar numa pista improvisada que alguns casais formaram recuando as mesas, olhei pro meu marido e seria com certeza ali mais um palco para nossas loucuras, e exibicionismo.

Bem, vou dizer como estava vestida: eu usava uma mini saia preta e uma calcinha de silicone muito sex, e um top básico como sempre sem sutiã.

Meu marido começou a dançar comigo e quando os garçons não estavam tão atentos ele levantou minha minúscula saia e foi enrolando minha calcinha para baixo até tirar ela por completo, detalhe: cada movimento que eu fazia aparecia com muita clareza minha bucetinha depilada e rosinha, toda molhadinha já pela excitação do momento.

Foi quando achamos que ali eram muitos casais e  crianças e resolvemos sair e buscar um lugar onde só teríamos machos tarados e pausudos… pagamos a conta e saímos.

Ainda sem calcinha me sentei no banco do carona do carro deixando minhas pernas bem abertas mostrando tudo para quem quisesse olhar, e com movimentos lentos fui tirando minha micro-saia e jogando sobre alguns rapazes que estavam na sombra de uma árvore tomando latões de cerveja, imediatamente um deles pegou minha sainha e cheirou e veio próximo ao nosso carro entregar de volta.

Foi onde me abri muito mais para que aquele jovem visse o material que aquela pequena saia cobria a poucos momentos atrás.

Foi então que eu pedi a ele para me mostrar o pau com jeitinho, porque além das pessoas que passavam na rua seus amigos estavam de olhos arregalados no que acontecia a poucos metros deles.

Então o garoto se aproximou bem da minha janela e tirou o pau pra fora e me mostrou nossa!que bela piça disse eu a ele, foi aí então que ele colocou o pau para dentro do carro e eu o abocanhei e engoli até suas bolas, isso por volta das 3 horas da tarde com um sol a pino.

Meu marido na direção olhava tudo e eu podia perceber pelo volume na sua calça que ele estava excitado também.

Mais o garoto que não tinha mais que uns 17 anos logo me encheu a boca de porra guardando seu pau e saindo dali.

Eu e meu marido achamos que era muito pouco aquilo tudo e resolvemos aprontar mais uma sacanagem um pouco mais explicita.

Saímos dali e fomos até uma via de sinal onde muitos caminhoneiros que usam a via para fugir do pedágio a congestionavam com seus caminhões enormes e carregados.

Eu já estava com dois dedos na buceta, pois estava só de top e sem nada na parte debaixo, logo que entramos na pista eu retirei meu top e fiquei completamente nua deixando assim que todos aqueles marmanjos vissem tudo sem esconder nada.

Foi quando uma viatura policial passou por nós e deu sinal de parada, foi quando eu disse ao meu marido e agora: ele disse que se foda vamos parar e ele retirou a camisa e me passou onde a vesti imediatamente cobrindo pelo ao menos meus peitos e parte da minha buceta, paramos.

Foi um dos policiais que se aproximou e pediu toda documentação do carro e pessoal, entregamos tudo que foi pedido.

O sargento pediu para descermos do carro para uma revista, nossa eu gelei na hora, pois a camisa do meu marido nada cobria, o PM abriu a porta do meu lado e pediu para eu descer, desci, pois assim que coloquei a perna direita para fora minha buceta se arreganhou toda e o sargento ficou abismado com tanta delicia entre minhas pernas, foi quando ele disse: escolham, ou serão multados e levados pra central ou vão conosco até o camburão e essa putinha vai dar pra dois, meu marido disse fiquem a vontade mais eu quero assistir, no que ele foi atendido pelos policiais.

Foi quando mesmo ali do lado de fora do carro tirei a camisa e fiquei completamente nua e fui me dirigindo para a parte traseira do camburão onde fui seguida pelos PM e pelo meu marido.

Mal entrei na viatura e já tive todos meus buracos invadidos por dedos e pela língua de um deles, que me fez ficar de pernas bambas de tanta linguada e dedada em todo canto do corpo.

Me pegaram de todas as formas de quatro, de papai e mamãe e de cavalinho me encheram de porra por todo canto da minha pele.

Meteram comigo tanto mais tanto que foram duas horas só de vara e muitas chupadas aos olhos do meu marido que bateu umas três punhetas. porem hoje dia 26 um dia depois de tudo estou muito preocupada pois os dois policiais gozaram dentro de mim sem usarem preservativos, pois daqui a pouco vou ligar para os dois porque eles me deram os números dos seus celulares para que eu fique mais tranquila, quem sabe ainda hoje role outra foda deliciosa… há! medo é ficar grávida, pois sei que os policiais são doadores de sangue e não estou preocupada com doenças, mais sim com um futuro bebê, pois meu marido fez vasectomia…

Bem amores se acontecer algo diferente eu volto para falar e contar tudinho, quanto a você minha amiga Tati, viva tudo da bastante essa buceta, pois a vida é muito curta para vivermos chorando pelo não feito… … beijos e até crianças

leticiasp84@hotmail.com

Bruno Space Painel de Debates