Etiquetas

, ,


Sabemos que a BlackBerry já não é mais a gigante que era há uma década atrás. As vendas globais de smartphones da empresa canadense não têm conseguido alcançar sua meta, e quando levamos em consideração que o último top de linha da empresa, o Priv, foi lançado há mais de um ano e ainda não ganhou um sucessor, o cenário não é dos mais animadores.

Notícias recentes corroboram que a firma deverá encerrar suas atividades no ramo de vendas de smartphones ainda este mês, mais precisamente dia 28, algo que não chega exatamente como uma surpresa, especialmente se atentarmos para o fato de que a companhia voltou a comercializar aparelhos na Coréia do Sul, mercado onde deixou de oferecer esse tipo de serviço há cerca de 3 anos.

A produção do BlackBerry Classic, um dos produtos mais icônicos de seu portfólio de smartphones, foi cessada, e a empresa já avisou a operadoras de telefonia móvel que não fabricará mais dispositivos com sistema operacional BB OS10.

Em uma das últimas tentativas para retornar ao mercado, a BlackBerry lançou um dispositivo de médio-custo chamado Neon, que chegou às prateleiras como “o Android mais seguro do mundo”, mas apesar dos esforços, o estoque continuou emperrado, obrigando os varejistas a oferecer o aparelho com descontos para tentar remediar a situação.

Aparentemente, a empresa anda tão “mal das pernas” que apenas 65% dos gastos derivados das equipe de pesquisa e desenvolvimento estão sendo pagos com o lucro obtido através das vendas de smartphones.

Em outras palavras, a firma sequer está gerando receita para cobrir seus próprios gastos, e uma alternativa para isso poderia ser focar-se somente em soluções de segurança e parcerias, deixando de lado a produção e lançamento de novos dispositivos para o já tão saturado mercado mobile.

Vale salientar que, por enquanto, tudo não passam de rumores, e até termos, de fato, uma confirmação oficial de que a BlackBerry está “pendurando a toalha”, ficamos na expectativa de que ela possa, quem sabe, conseguir fabricando e vendendo seus smartphones. De qualquer forma, dia 28 está chegando, ou seja, é só uma questão de tempo até sabermos a verdade.

TudoCelular