Etiquetas

, , , , ,


Nike assinou um acordo vitalício com Cristiano Ronaldo a troco de 24 milhões de euros/ano. Para o publicitário Edson Athayde, o madeirense tem a vida garantida pós-relvados

Em 2007, já lá vão quase dez anos, Carlos Queiroz, na altura adjunto de Alex Ferguson no Manchester United, surpreendeu o mundo futebolístico com uma declaração. “Cristiano Ronaldo pode ser no futebol o equivalente a Michael Jordan no basquetebol. Na minha carreira trabalhei com Zidane, Figo, Ronaldo, Raúl ou Roberto Carlos e posso dizer que nunca vi uma criação como Cristiano”, disse Carlos Queiroz.

Quase uma década depois a premonição cumpre-se em forma de (muitos) euros e tem como madrinha a Nike, empresa de artigos desportivos norte-americana, que ontem anunciou um contrato vitalício com o madeirense, um pouco à semelhança do que fez com o melhor praticante de basquetebol de todos os tempos.

Ronaldo, que um dia antes tinha renovado pelo Real Madrid até 2021 com um salário anual superior a 23 milhões de euros livres de impostos, entrou para a galeria dos desportistas imortais que se vinculam para todo o sempre a uma marca publicitária. Serão 24 milhões de euros/ano, mas, dependendo de variáveis não reveladas, pode chegar a uns impensáveis 40 milhões de euros/ano.

“É um acordo muito importante para a imagem dele e no fundo também é parte do seu trabalho. Ele é um atleta mas também uma personalidade publicitária com um valor de marketing muito forte e isso vai contar, inevitavelmente, depois da sua carreira terminar. Este contrato é algo que não acontece todos os dias e isso significa que a Nike tem planos de futuro para Cristiano Ronaldo e que o considera um bom investimento além do futebol”, explica ao DN o publicitário Edson Athayde.

O brasileiro sustenta mesmo que estará a ser preparado o próximo passo. “Ronaldo é reconhecido nos quatro cantos do mundo. Não ficaria muito surpreendido se o visse nos filmes de Hollywood. É isso tipo de coisas que a Nike faz. Isso aconteceu com Michael Jordan, o Ronaldo “fenómeno”, o Tiger Woods”, explica o publicitário que tem poucas dúvidas de que a Nike não avançou para este contrato sem ter plenas garantias de retorno. “Às vezes esquecemo-nos de que a Nike é uma empresa de moda. Quer vender roupas, ténis, acessórios desportivos. O Cristiano Ronaldo tem um bom físico, cuida-se, é novo e vaidoso. Mantendo esses predicados é normal que a Nike o queira como modelo para vender as suas roupas. É um bom negócio”, considera Edson Athayde que no entanto sublinha o facto de este tipo de contratos não serem muito vulgares em futebolistas.

Quarto mais bem pago do mundo

E é aqui que se percebe a importância deste acordo alcançado na semana passada em Madrid. Ronaldo passa a ser o futebolista com mais dinheiro em caixa fruto de um contrato com uma marca de equipamentos desportivos.

Está longe de bater as cifras de Michael Jordan, que fez um negócio diferente com a Nike, pois lançou uma linha de ténis com a sua assinatura – Air Jordan – produzida pela empresa. Isso permite-lhe auferir cerca de 54 milhões de euros anuais… vitalícios. Claro está que Cristiano Ronaldo pode aproximar-se se cumprir as variáveis que lhe permitam chegar aos 40 milhões de euros.

Para se ter uma ideia, até há bem pouco tempo Lionel Messi tinha um contrato com a Adidas no valor de oito milhões de euros anuais, entretanto aumentado para 18, a mesma cifra que o golfista Tiger Woods aufere. Ronaldo aproxima-se bastante de desportistas de outras modalidades como os também basquetebolistas da NBA LeBron James – 27 milhões de euros/ano vitalícios – e Kevin Durant – 24,4 milhões de euros/ano vitalícios. Ambos estão vinculados à Nike como Cristiano Ronaldo que vai construindo um império impressionante. Para além de ser, a quarta personalidade mais bem paga do planeta – ganhou 80 milhões de euros este ano, só atrás da cantora Taylor Swift do grupo musical One Direction e do escritor James Patterson -, Ronaldo vê a sua marca expandir-se e atingir um impacto económico de 160 milhões de euros segundo a consultora Hookit.

Ou seja, Cristiano Ronaldo é um futebolista, mas cada vez mais é muito mais do que isso.

 

 Diário de Notícias

Isaura Almeida
Bruno Space Painel de Debates

Clica aqui Últimas Notícias